Pueblos Mágicos do México

Autor:
Miguel Ángel Hernández
Pueblos Mágicos do México

Quem acha que vamos falar de cidades habitadas por seres enigmáticos ou lugares estranhos onde ocorrem fenômenos paranormais, está muito enganado. Nestas pequenas cidades mexicanas se presencia outro tipo de magia, uma muito mais poderosa e duradoura: a que provém de pessoas preocupadas em manter vivas suas festas e costumes, a que fala de comunidades comprometidas com a conservação dos monumentos históricos e a beleza arquitetônica de seu lugar de origem. Dessa força estão nutridos estes Pueblos Mágicos que lutam por preservar suas tradições culinárias e artesanais, o colorido de suas casas e a beleza natural que os rodeia.

Malinaco, Pueblos Mágicos do MéxicoA beleza e o valor histórico dos Pueblos Mágicos precedem, inclusive, ao programa promovido pela Secretaria de Turismo que assim os nomeou. É por este motivo que o Conselho de Promoção Turística afirma: “Mais que um resgate, é um reconhecimento aos habitantes destas magníficas cidades mexicanas que têm conseguido preservar a riqueza cultural e histórica que possuem”.

Taxco, Pueblos Mágicos do MéxicoPara que uma cidade seja reconhecida como “Pueblo Mágico”, deverá cumprir com uma série de requisitos, entre os quais se destacam: a localidade deverá ter um atrativo turístico único, que a diferencie de outras cidades na localidade e no país. Para inscrever-se, a comunidade deverá também apresentar um especial cuidado com os aspectos arquitetônicos da cidade, contar com edifícios simbólicos, apresentar festas e tradições que caracterizem a comunidade, além de uma interessante produção artesanal e uma culinária tradicional, aspectos esses, que determinarão sua identidade.

Real del Monte, Pueblos Mágicos do MéxicoDentro da crescente lista de Pueblos Mágicos do México contamos com a Huasca de Ocampo e Real del Monte, ambos em Hidalgo, possuem um passado de mineiros e casinhas brancas com telhados de cor vermelha. Estas duas cidades estão perto de Pachuca, a capital do estado. Próximos destas cidades existem numerosos atrativos, como fazendas e templos, cujas construções datam do século XVI a XVIII, bem como paisagens naturais de tirar o fôlego, como os famosos “Prismas Basálticos”.

Pátzcuaro, Pueblos Mágicos do MéxicoPor outro lado, Michoacán conta com três cidades declaradas como “Mágicas”, entre elas está Pátzcuaro, cidade fundada antes da chegada dos conquistadores espanhóis, que possui uma tradição anual de oferendas aos mortos nos dias 1 e 2 de novembro. Os outros dois são: Tlalpujahua de Rayón e Cuitzeo, ambos de origem pré-hispânica com inumeráveis construções que datam dos séculos XVI, XVII e XVIII, além de uma enorme agenda de celebrações durante o ano, com procissões solenes, danças coloridas e música folclórica e fogos artificiais, além de deliciosas comidas típicas da gastronomia michoacana.

Coatepec, Pueblos Mágicos do MéxicoEl Estado de Veracruz, presenta dos de sus pueblos más apacibles y tradicionales, Coatepec y Papantla, dedicados desde hace siglos al café y la vainilla respectivamente. Son estos deliciosos aromas naturales los que acompañan al viajero durante una visita a estos Pueblos Mágicos, lo mismo que el intenso verdor de la vegetación tan característica en toda la entidad.

Papantla, Pueblos Mágicos do México

O Estado de Veracruz apresenta duas de suas cidades mais tradicionais, Coatepec e Papantla, dedicados, há muitos séculos, ao cultivo do café e da baunilha. São estes deliciosos aromas e a intensa coloração verde de sua vegetação que acompanham o turista durante a visita. Não se pode também deixar de mencionar os legendários Voladores de Papantla, girando e descendo de uma altura impressionante, em um memorável ritual associado às atividades agrícolas da região. Nada como iniciar e finalizar o dia com uma aromática xícara de café em Coatepec, famosa também pelas numerosas atividades eco turísticas em seus arredores, as quais poderão experimentar.

Bacalar, Pueblos Mágicos do MéxicoBacalar, no estado de Quintana Roo, além de uma agradável atmosfera do campo, emocionantes histórias de defesa contra incontáveis ataques de verdadeiros “piratas do Caribe”, bem como deslumbrantes atrativos naturais que inclui um enorme cenote de águas cristalinas e seu principal atrativo: a Laguna de las Siete Colores ou Laguna de Bacalar, onde o visitante, literalmente, ficará sem ar ao comtemplar sua beleza.

Comala, Pueblos Mágicos do MéxicoComala, recentemente declarada como Pueblo Mágico, é uma cidade em Colima com ruas estreitas e casinhas brancas com telhados de cor vermelha, cuja principal festa acontece no dia 12 de dezembro, em homenagem a Virgem de Guadalupe. Nesta cidade também se trabalha, com habilidade admirável, o mogno, com o qual criam móveis e adornos de diferentes formas.

Izamal, Pueblos Mágicos do México

Nos extremos opostos da República Mexicana se encontram outros dois interessantes Pueblos Mágicos: Izamal, em Yucatán, e Todos Santos, em Baja Califórnia Sur, perto de La Paz. Nestes lugares poderão conhecer aspectos completamente distintos da época colonial do México. Em Todos Santos foi fundada uma importante missão jesuíta, que ainda hoje é uma das principais atrações do lugar, enquanto Izamal foi uma das cidades mais importantes da grande civilização Maia. Ambas as culturas, indígena e espanhola, criaram uma fusão arquitetônica, culinária e artesanal mágica, que hoje pode ser vista em intermináveis caminhadas ao longo de suas ruas de pedras.

Existem muito mais histórias como estas em cada um dos mais de 30 Pueblos Mágicos do México. É apenas uma questão de que decida para onde deseja viajar!