Havana, Cuba

Bem-Vindos à Havana, Cuba

Havana é uma cidade agitada, alegre e tropical, cheia de um encanto muito especial. Possui um rico passado histórico, uma bela arquitetura colonial e grandes atrativos turísticos. Havana é a maior das ilhas do Caribe e que faz parte das Antilhas. Como toda grande cidade, é o coração da vida política, científica e cultural de Cuba. Ernest Hemingway, o prêmio Nobel de literatura e quem viveu na ilha por vários anos, costumava dizer que a Havana era a cidade mais bela depois de Veneza e Paris.

Esta bela cidade tem sido a capital de Cuba desde o século XVI e sem dúvida é um dos destinos turísticos mais interessantes do Caribe. Seu centro histórico, declarado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO em 1982, possui numerosas fortificações coloniais, elegantes igrejas e casarões, assim como belos parques e praças públicas.

A Cidade

Bem-Vindos à Havana, Cuba

Localizada na costa ocidental norte da ilha de Cuba, a Havana contemporânea está dividida em três seções: Havana Velha, El Vedado e os bairros novos. A Havana Velha é a zona mais tradicional da capital, tem ruas estreitas e antigos casarões com varandas, além de ser sede do centro histórico e coração da atividade comercial, industrial e de entretenimento. Ao noroeste da cidade se encontra El Vedado, a qual se transformou numa popular zona comercial com uma excelente vida noturna.

A terceira seção da Havana que se estende em direção oeste, possui uma importante zona industrial e residencial conhecida como Marianao, um bairro que data dos anos vinte. Este bairro era dos mais exclusivos antes da revolução e muitos de seus casarões foram expropriados pelo governo e transformados em escolas, hospitais e escritórios do governo. Da mesma forma, vários clubes sociais privados agora são parques esportivos e recreativos. O bairro de Miramar fica localizado sobre a costa onde se situam as casas dos diplomatas, boutiques exclusivas e serviços para os estrangeiros que moram na cidade.

História

Bem-Vindos à Havana, Cuba

Antes da fundação da Havana, a cidade teve várias localizações.

Em várias ocasiões ressurgiu dos escombros e das cinzas depois dos ataques dos piratas e corsários durante a primeira metade do século XVI, até que a Espanha resolveu que a cidade fosse o porto de concentração de galeões procedentes das colônias da América decidindo então construir fortes na cidade. Aqui atracavam os galeões e carregavam provisões antes de partir em comboio de volta à Europa, escoltados pela armada. Em 1561 se constroem fortificações militares na entrada da baía da Havana convertendo-a na cidade mais protegida do Novo Mundo nessa época.

A cidade cresceu com monumentais construções religiosas e civis durante o século XVII. Depois da invasão britânica em 1762, começou a construção da Fortaleza de San Carlos de La Cabaña, a maior de todas as fortalezas construídas no Novo Mundo. Já no século XIX e depois de duas tentativas de tornar-se independente, Cuba vive seus últimos momentos de domínio espanhol, o qual termina com o afundamento do encouraçado americano “Maine”, dando aos Estados Unidos o pretexto para invadir a ilha. Finalmente em 1902, os Estados Unidos cedem o poder à Cuba, embora sua forte influência na ilha perdure até a revolução de 1959.

Cultura

Bem-Vindos à Havana, Cuba

A capital de Cuba é o coração da atividade cultural do país. Com várias opções que englobam todas as manifestações das três artes – literatura, ciência e esporte – a cidade é sede de importantes festivais internacionais, tais como o Festival de Balé, o Festival de Cinema, o Festival Jazz Plaza e o Festival Internacional de Violão Leo Brouwer. A Havana também é sede de importantes instituições de prestígio internacional, como La Casa de las Américas, que promove a arte e a literatura dos povos de língua espanhola do Rio Bravo até a Patagônia, a qual patrocina anualmente um concurso literário e outorga o Prêmio Casa à melhor obra literária.

Arquitetura

Bem-Vindos à Havana, Cuba

Esta metrópole possui um incalculável patrimônio arquitetônico com numerosas igrejas, fortalezas, monumentos e edifícios históricos que refletem a influência e permanecem como testemunha dos países que algum dia invadiram a ilha. Atualmente pode-se apreciar na cidade diferentes estilos arquitetônicos que vão desde o colonial e espanhol barroco, passando pelo neoclássico, art noveau, art déco e eclético, até o modernismo do século XX que modificou dramaticamente o horizonte da capital cubana.

Economia

Bem-Vindos à Havana, Cuba

Desde o princípio, a cidade encontrou uma fonte de enriquecimento na indústria açucareira, a qual sustentou a economia cubana por três séculos. A produção de rum e de charutos também deu a Cuba fama internacional. Com o colapso da União Soviética, Cuba entrou numa forte crise econômica, a qual a levou a retomar a indústria do turismo, mesma que hoje em dia é a principal fonte econômica de todo o país.

Turismo

Bem-Vindos à Havana, Cuba

A cidade tem uma boa infraestrutura hoteleira com hotéis de diferentes categorias, incluindo muitos hotéis de luxo, bem equipados e com todos os serviços e as mais modernas instalações. São muitas as atrações que encontramos na Havana tais como: visitar os museus e percorrer os pontos históricos da cidade, fazer ecoturismo e caminhar por trilhas, observar aves e fazer excursões a lindos lugares de beleza natural, assim como mergulhar nos recifes de coral e nas embarcações encalhadas no fundo do mar. Além do anterior, a Havana também possui uma movimentada vida noturna com uma grande variedade de bares, cafeterias e centros noturnos onde é possível assistir a excelentes espetáculos de cabaré, dançar salsa ou escutar a trova cubana. A Havana tem uma saborosa gastronomia com influências das cozinhas espanhola, inglesa, africana, asiática e yucateca (da Península de Yucatán, no México).

Turismo na Área de Saúde

Bem-Vindos à Havana, Cuba

Apesar do bloqueio econômico imposto à ilha pelos Estados Unidos, o Sistema Nacional de Saúde em Cuba alcançou um desenvolvimento de primeiro nível. Com sua experiência, conhecimento e técnicas para a cura baseadas em pesquisas e produção de remédios, o sistema de saúde em Cuba conta com médicos altamente capacitados, assim como uma sólida infraestrutura de clínicas e hospitais com tecnologia avançada. Tudo isto oferece ao turista uma ampla variedade de tratamentos e técnicas, muitas delas únicas no mundo e a um custo muito mais acessível que em outros países. Como consequência, a Havana é sede constante de congressos e simpósios médicos de nível internacional.